Games

Os 10 Melhores Jogos Indie

No Brasil, o mercado de jogos indie experimentou um crescimento significativo nos últimos anos, incluindo nomes como Dandara: Trials of Fear, Blazing Chrome e A Lenda do Heroi. O jogo tem gozado de grande reputação no exterior e, hoje, cada vez mais projetos criativos surgirão no país nessa área. No primeiro trimestre, jogos como Dandy Ace e Kaze e Wild Masks conquistaram a mídia profissional e são exemplos de destaque como recursos dos desenvolvedores brasileiros.

2021, ainda não acabou, e alguns jogos Indie estão ‘bombando’ Conheça os 10 mais procurados.

Kaze and the Wild Masks é uma ode a platformers dos anos 90

  1. Kaze and the Wild Masks

Desenvolvido pelo estúdio de Porto Alegre PixelHive, atrai fãs de jogos de plataforma 2D por sua grande semelhança com uma Trilogia Country de Donkey Kong. Foi lançado em 26 de março e está disponível para PC (via Steam), PlayStation 4 (PS4), Xbox One e Nintendo Switch. No jogo, o protagonista deve salvar seu amigo Hogo de uma terrível maldição que caiu nas Ilhas de Cristal e transformou os vegetais em criaturas raivosas. Para resolver este problema, é necessário recolher as chamadas máscaras selvagens, que conferem ao protagonista o poder dos tigres, águias, lagartos e tubarões para ultrapassar os únicos de cada fase. Kaze and the Wild Masks também atraiu a atenção das pessoas devido ao seu estilo artístico e animação suave em pixel art. Além disso, o fator de replay do jogo é interessante fornecer porque recompensas para os jogadores que atendem a todos os requisitos da fase final.

  1. Dande Ace

Influenciado pelo sucesso de Hades, Dandy Ace é um novo rogue-like ambientado em um mundo mágico cheio de personalidade. Na trama, o ilusionista de olhos verdes Lele sucumbiu à ganância e prendeu o incrível herói Dandias no espelho amaldiçoado. Agora, o protagonista deve passar pelo palácio do vilão, combinando habilidades de cartas especiais conforme ele passa pela sala. A promessa do jogo está em mais de mil combinações possíveis, permitindo aos jogadores criar seu próprio estilo. O estágio sempre muda a cada jogo, e cada nova tentativa trará uma experiência nova. Se o jogador morrer, ele pode usar algumas melhorias permanentes para ajudá-lo a se tornar um ilusionista de olhos verdes. O jogo foi desenvolvido pelo estúdio paulista Mad Mimic, também conhecido como No Heroes Here. Hoje, ele está disponível para PC (via Steam), PlayStation 4, Xbox One e Nintendo Switch.

Guns N' Runs - PC - Buy it at Nuuvem

  1. Guns N’ Runs

Guns N’Runs é o primeiro lançamento do estúdio carioca Statera, uma experiência desafiadora para os entusiastas do speedrun.  O jogo se inspira em nomes como Mega Man, Metal Slug, Super Meat Boy e Celeste, e oferece 200 desafios e 23 modificações contra chefes – todos muito dinâmicos e criativos. Atualmente, o Guns N’Runs está disponível apenas no Steam.  Na história, o jogador controla os membros do esquadrão da conspiração, que são enviados a um misterioso bunker no Deserto do Atacama, no Chile, para realizar uma missão de invasão. O local é administrado por um pervertido técnico terrorista chamado Adrian, que é o principal suspeito do sequestro de uma outra tecnopata chamada Sofia, ocorrido há 17 anos.

Inicialmente, existem quatro personagens com habilidades especiais exclusivas disponíveis, e os outros quatro são desbloqueáveis. A jogabilidade é simples, com comandos como tiro, salto e corrida, mas uma curva de dificuldade requer cada vez mais precisão para correr contra o tempo – este é até o obstáculo principal em toda a fase.

  1. Pocket Bravery

Também desenvolvido pela Statera Studio, é considerado o carro-chefe do estúdio. Este é o primeiro projeto anunciado pelo desenvolvedor e foi anunciado muito antes do Guns N’Runs. Descrito como um jogo de luta com visual SD (Super Deformation), o jogo é totalmente disponível à mão, usa pixel art e possui um sistema de luta baseado em obras clássicas dos anos 90 – como The King of Fighters.  A mecânica do jogo inclui corrida, folga, recuperação rápida e salto normal e em comprimento. Todos os personagens têm habilidades que variam de especiais a superespeciais, incluindo super eliminados e originais mecânicos que tornam únicos. Tudo isso faz parte de uma jogabilidade dinâmica e responsiva, com destaque na animação para melhorar a fluidez durante o jogo. No início, Pocket Bravery só pousou no Steam e estava programado para ser lançado em 2021, mas não divulgou a data exata. O estúdio conversou especificamente com o TechTudo e confirmou que pretende testar em maio, com quatro lutadores jogáveis: Nuno, Sebastian, Hadassah e Ndidi. Todos os presentes podem seguir as instruções de desenvolvimento na Internet às segundas, quartas e sextas-feiras na rede.

Fobia- St. Dinfna Hotel, game brasileiro de terror, será lançado para PS4 e  PS5

  1. Fobia – St. Dinfna Hotel

É um dos nomes mais usados ​​quando se fala em jogos indie brasileiros hoje. É desenvolvido pela Pulsatrix Studios e é descrito como uma viagem envolvente de suspense e investigação, com uma perspectiva de jogo em primeira pessoa. Os jogadores devem lidar com uma seita tecnologicamente avançada que conduz secretamente experimentos de melhoramento humano com modificação genética e realidade paralela. Os jogadores devem resolver quebra-cabeças em resoluções aleatórias e desvendar os mistérios de magníficos edifícios antigos. Também existem mecanismos para visitar diferentes mundos, combinar itens para melhorá-los e usar armas para se defender de corrigir. Fobia ainda não confirmou a data de lançamento, mas está sendo desenvolvido para Steam, PlayStation 4, PlayStation 5 (PS5), Xbox One e Xbox Series X / S. Você pode baixar a versão demo na plataforma Valve.

  1. Unsighted

Unsighted, desenvolvido pelo Studio Pixel Punk, é um projeto que está em andamento desde 2018, ocorrendo no mundo ciberpunk pós-apocalíptico. Na produção de PCs e consoles de jogos, o jogo se inspira em nomes como The Legend of Zelda e Metroid para recompensar os jogadores por explorar e compreender a cena. Na história, controlamos Alma, um robô que corre contra o tempo para evitar ficar invisível. Ele atua como um robô zumbi, produzido pela escassez de Anima, e Anima é a energia que dá consciência à máquina. Depois que um meteoro de energia atingiu Arcádia, os humanos formaram para explorar a fonte indispensável de energia para robôs, e o protagonista agora tem a responsabilidade de salvar sua raça.

  1. No place for Bravery

O jogo é um destaque do evento independente de 2020 e uma das principais edições programadas para ser lançado no Brasil em 2021. O game foi desenvolvido pelo estúdio Glitch Factory, adequado para PC e Nintendo Switch, e como uma arte de RPG de ação feita inteiramente em pixels. Ele usa mecanismos de jogo como “Dark Soul” e Bloodborne para fornecer combates punitivos e desafiadores.  O jogo se passa em um mundo devastado pela guerra. Nele, o protagonista Thorn sua filha desaparecida. The Place for Bravery também traz elementos de metroidvania e jogos de plataforma para torná-lo único. Durante a viagem, você precisa adquirir habilidades ou armas para entrar na área previamente bloqueada.

Asleep - O Jogo · Catarse

  1. Asleep

É um novo jogo de terror psicológico desenvolvido pelo estúdio Black Hole Games do Piauí e atualmente está em crowdfunding no Catarse. O jogo se passa no Nordeste do Brasil na década de 1990 e tem como objetivo solucionar problemas como barreiras psicológicas. Apresenta a situação de Ana Lúcia, uma rapariga solitária e confusa que tem de enfrentar pesadelos cada vez mais reais. O jogo é jogado em uma perspectiva 2D, basta clicar. Além disso, é inspirado na altura do Silent Hill, permitindo ao protagonista ter apenas uma lanterna. Você deve ter uma visão aguçada para superar as criaturas assustadoras que encontrar. Segundo os desenvolvedores, o sistema de iluminação é utilizado como mecanismo de jogo, pois pode atrair inimigos e se proteger. Há também um sistema de vida racional baseado em Anna Lucia.

  1. Wind Runners

Wind Runners está programado para ser lançado no primeiro semestre de 2021. É um jogo de nave espacial focado em combate corpo a corpo, com gráficos de pixel art requintados e um fundo reflexivo. A ação ocorreu no sistema Zarah Igna que estava sujeito à chamada tirania do Reino. No jogo, ele usa o medo e a superioridade militar para controlar todo o lugar. Para combatê-la, um grupo de pilotos rebeldes com excelentes habilidades em combate aéreo, conhecidos como Wind Runners, caminhará na linha de frente e trará liberdade a todos aqueles que vivem sob a opressão. De acordo com os primeiros detalhes anunciados pelo Ludic Studios, os jogadores podem escolher naves com armas exclusivas e evoluí-las através dos equipamentos e outras melhorias necessárias no nível, que são todos os estilos desonestos. Além de enfrentar outros pilotos, você também deve lidar com enormes bestas de metal chamadas de “tortura” espalhadas em várias cenas.

  1. Moonrider

 O talentoso estúdio JoyMasher produziu sucessos como Blazing Chrome e Oniken e atualmente está desenvolvendo Moonrider. Embora ainda não previsão ou plataforma anunciada, o jogo homenageia clássicos como Shinobi e Strider, e tem uma jogabilidade de ação 2D maluca. Seu protagonista é um robô ninja que vive no mundo futuro. Como tradição dos jogos de estúdio, a estética da geração Mega Drive atraiu a atenção desde o início, seja no estilo gráfico, no som ou na animação. Os jogadores também podem esperar desafios, especialmente em condição de chefes. Vale a pena manter contato com os desenvolvedores nas redes sociais para ver a prévia do jogo e outras atualizações que eles fizerem.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top